Coronavírus: Tudo o que você precisa saber para se cuidar -...

Escolha um local
Campo obrigatório

Coronavírus: Tudo o que você precisa saber para se cuidar

Publicado em 25/05/2020 16:00

O mundo vive uma pandemia do novo coronavírus. Isoladas em suas casas, pessoas do mundo inteiro tentam lidar com o Covid-19 e com as consequências causadas por ele.

No Brasil a situação não é diferente: o país passa por um momento de alarde. Escolas e universidade cancelam suas aulas, eventos são adiados em todos os lugares do país e a orientação é que ninguém saia de casa, exceto em situações extremas.

Apesar de seus sintomas similares aos de uma gripe comum, a infecção possui disseminação mais rápida e coloca em risco a vida da população acima dos 60 anos.

China, Itália e Espanha são exemplos de quão complexo esse cenário pode se tornar se não houver uma contenção imediata da doença.

Continue a leitura para saber exatamente com o que estamos lidando e descubra como se proteger.

O que é o Coronavírus

O Coronavírus é na verdade uma família de vírus já conhecida desde o século passado. O nome do grupo advém de sua aparência microscópica, que lembra uma coroa. Este vírus foi isolado pela primeira vez ainda em 1937. 

Grande parte da população já entrou em contato com um desses agentes, em especial com o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, os Coronavírus que mais infectam humanos.

No entanto, um novo agente foi descoberto em 31 de dezembro de 2019 na China, o COVID-19. Mais um membro desta família tão popular, mas com uma modificação nunca antes vista.

Por ser um vírus completamente novo, é ainda desconhecido pelo sistema imunológico humano, que não possui anticorpos para lidar com o invasor. Transmitido pelo contato, a infecção acabou se espalhando rapidamente e se tornando uma pandemia.

Mas será mesmo que há motivo para tanta preocupação?

Grupos de Risco

A doença é extremamente perigosa para pessoas acima dos 60 anos de idade. Enquanto para população mais nova sua taxa de letalidade permanece entre 2 e 3% segundo dados da Organização Mundial da Saúde, para população entre 70 e 80 anos de idade essa taxa ultrapassa os 8%, chegando aos 15% em indivíduos com mais de 80 anos.

Além disso, estão em maior risco os portadores de doenças crônicas como diabetes, hipertensão e distúrbios que envolvem o sistema imunológico do corpo.

Como sempre, diante de um problema como este, aumentam as preocupações com crianças, recém-nascidos e gestantes. Contudo, no caso do Coronavírus, não há motivo para grande alarde.

Tais populações também estão sujeitas à infecção, porém, até então, demonstraram sintomas leves, não evoluindo para quadros mais graves.

De qualquer forma, todos devem manter-se em isolamento e realizar a higienização correta das mãos.

Suspeita de Coronavírus

Para começar, vamos a algumas recomendações da Organização Mundial da Saúde. 

Se você voltou de uma viagem internacional nas últimas semanas e começou a apresentar febre e pelo menos um sintoma respiratório, deve ser investigado.

Da mesma forma, caso tenha entrado em contato com um viajante internacional recente.

De que tipo de contato estamos falando? Segundo a Abril, define-se como contato próximo:

  • Contato físico direto;
  • Contato desprotegido com secreções infectadas;
  • Ficar frente a frente por mais de 15 minutos com uma vítima do novo coronavírus, mesmo em ambiente aberto e ventilado;
  • Estar em uma sala fechada por mais de 15 minutos e em uma distância a menos de 2 metros de alguém com Covid-19;
  • Passageiro de uma aeronave sentado em um raio de até dois assentos, em qualquer direção, de um caso confirmado.
  • Agora, são também considerados casos suspeitos aquelas pessoas que vivem em cidades que possuem casos confirmados e apresentem sintomas de Síndrome Respiratória Aguda Grave.

Compartilhar

Médico
CRM 2454 MS

Responsável pela publicação
EmConsulta
Responsável técnica:
Dra. Thais Correia Leone Della Pace
CRM/MS 4056
Não achou o que procurava?
Como podemos ajudar?
Preencha os campos abaixo e informaremos
assim que ficar disponível.
Digite ao menos 3 caracteres